Comandante Aderaldo

Comandante Aderaldo

terça-feira, 26 de julho de 2011

NEURÓBICA

Trocar de mão para escovar os dentes é bom para o cérebro.
O simples gesto de trocar de mão para escovar os dentes,
contrariando a rotina e obrigando à estimulação do cérebro,
é uma nova técnica para melhorar a concentração, treinando
a criatividade e inteligência e, assim, realizando um
exercício de NEURÓBICA. Uma descoberta dentro da Neurociência,
vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária
de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin
(2000), revelam que a NEURÓBICA, a "aeróbica dos neurônios",
é uma nova forma de exercício cerebral projetada para manter
o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes
padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro.
Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que,
apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual,
escondem um efeito perverso: limitam o cérebro. Para contrariar
essa tendência, é necessário praticar exercícios "cerebrais"
que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo,
concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer
tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro
a um trabalho adicional 'Tente fazer um teste:


01 - Use o relógio de pulso no braço direito;
02 - Escove os dentes com a mão contrária da de costume;
03 - Ande pela casa de trás para frente; (Vi na China o
pessoal treinando isso num parque);
04 - Vista-se de olhos fechados;
05 - Estimule o paladar, coma coisas diferentes;
06 - Veja fotos de cabeça para baixo;
07 - Veja as horas num espelho;
08 - Faça um novo caminho para ir ao trabalho;
09 - Converse com o vizinho que nunca dá bom dia...
10 - Comece agora trocando o mouse de lado.

A proposta é mudar o comportamento rotineiro.
Tente, invente, faça alguma coisa diferente e
estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!

Um comentário:

Sanynha disse...

Muito interessante essa área da ciência. Algo que é estudado e eu nunca ouvi falar. A tempos, creio que desde minha pré-adolescência, eu faço isso. Sou ambidestra, aperfeiçoo minha habilidade esquerda em tudo, jogo futebol chutando com os dois pés, ping-pong com as duas mãos. Agora atividades rotineiras é um pouco complicado devido a correria do dia-a-dia, mas vou tentar sim, pentear o cabelo com a mão esquerda, escovar os dentes. Já escrevo com as duas mãos e acho o máximo, queria ser esquerdinha como meu pai, mas pude dar um passo a mais, sou ambidestra =D... Parabéns Pai, te amo!!!